Carregando

03.02.2021

Conheça o Gabriel!

Que muita coisa rolou nos últimos meses, não é novidade. Mas no meio dessas transições, uma coisa passou batido: não apresentamos o Gabriel Costa aqui no Portal. Então, antes de tudo: Gabriel, perdão pelo vacilo. Não desista da gente não, tá?

 

 

Agora que as configurações de perdão foram atualizadas, vamos direto ao ponto: estamos aqui para tirar o atraso e finalmente conhecermos o nosso não tão novo colaborador Gabriel. Bora lá? Bora! Então, pessoal, esse é o Gabriel:

Gabriel Costa – Desenvolvimento

 

Gabriel hoje está quaaaase se formando em Sistemas de Informação pela UFMS e chegou no ano passado para compor o nosso time de desenvolvedores. Mas como isso não é entrevista de emprego, vamos pular pra vida pessoal porque esse é o real motivo desse post, não é mesmo?

 

Quando não está trabalhando e nem estudando, o Gabriel se revela músico e passa seu tempo tocando guitarra e violão. Além disso, ele comentou que adora usar o tempo livre para brincar com o doguinho, ficar com a namorada, cozinhar, pegar um filminho, experimentar cervejas (alô Thais, temos companhia!) e praticar um esporte que tivemos que pesquisar no Google para descobrir o que era: Aikido – uma arte marcial japonesa.

 

 

Entrando no universo da música, ele disse que o estilo do momento varia com o humor do momento. Mas no fim das contas, o Gabriel tem um estilo eclético, indo do death metal extremo ao samba raiz, mas sem esquecer de rock clássico, progressivo, jazz, heavy metal e rap. Pedimos uma indicação de música e a escolhida da vez foi: Achilles Last Stand do Led Zepellin.

 

Falando em indicação, também vamos sair desse post com um recomendação de filme: 12 Angry Men (1957). Olha só porque ele foi o escolhido: “É um filme que nos faz refletir bastante sobre nossos preconceitos e ideias formadas sobre o desconhecido, às vezes sem nem perceber e se dar como certo aquilo.” Bom, com essa indicação e uma avaliação 9/10 no IMDB, achamos que realmente vale a pena assistir ao filme.

 

Um fato curioso sobre o Gabriel é que a primeira linguagem de programação que ele aprendeu foi Python mas, no fim das contas,  quem conquistou o coração do nosso dev foi Java. “Foi amor à primeira vista” – disse ele. Mentira ele não disse isso. Mas foi quase isso, juro. 

 

 

E, para finalizar, ele nos contou que o seu maior sonho é viajar o mundo (a Ana Flávia do Suporte é expert nisso, hein?) e também deixou esse recado pra gente:

 

“Estou muito contente de fazer parte deste time fantástico e orgulhoso de ser parte da Expedição”

 

Gabriel, também estamos mega felizes com a sua chegada e esperamos que a sua jornada com a gente seja sensacional! <3

03
06
01
00
00

Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

224 Comentários

Deixe uma resposta

Relacionadas


Acesso a informações pessoais