Carregando

03.09.2020

Entrevista novos colaboradores: David e Wellington

Time Digix,

Batemos um papo com David Guimarães, que completou 30 dias de Digix e com o Wellington da Silva, que era colaborador externo da COTIN e foi transferido para a sede há 2 semanas. Ambos estão no time Suricatos e afirmam que apesar se não ter tido a experiência de vivenciar o dia a dia na sede, estão se sentindo acolhidos pelo time Digix, mesmo a distância. Conheça mais um pouco sobre eles:

Digix: David, como você conheceu a Digix e o que mais chamou atenção?

David: Eu conheci em 2017, no final da graduação. Eu estava procurando colocação no mercado e fiquei sabendo da Digix através de um amigo e decidi participar do processo pela primeira vez. Cheguei a ir na sede para participar das primeiras etapas e a primeira coisa que chamou a atenção foi a infraestrutura da empresa, mas após isso comecei a acompanhar nas redes sociais e ficou muito claro o pilar Focar na pessoas. Esse foi o segundo grande ponto que me chamou atenção e me fez querer trabalhar aqui!

Digix: Welligton, você tem quanto tempo de empresa? Sonhava com uma movimentação para sede?

Wellington: Estou desde fevereiro de 2019 na Digix e desde que me tornei colaborador, participei dos eventos e fui conhecendo mais e aí que fiquei com essa vontade de me mudar para sede e conhecer ainda mais a empresa e viver mais o que é ser Digix.

D: Como tem sido a experiência de estar em home office?

David: Eu sai de uma outra empresa para entrar na Digix e eu já estava em home office desde março. A surpresa não foi o home office em si, mas a experiência na Digix, mesmo nesse modo, é mais completa. Escuto o pessoal falar que é uma pena a gente não estar presencial, que lá você vive de verdade o que é fazer parte da Digix, mas desde o primeiro momento me senti integrado a empresa, a equipe e posso dizer que mesmo em home office a gente consegue sentir o gostinho do que é ser Digix.

Wellington:Já estava trabalhando em home office no cliente também e desde que entrei para esse time que estou agora, diminuiu o distanciamento que eu sentia da outra equipe. Mesmo distante, me sinto mais próximo das pessoas, a gente se comunica muito mais, temos reuniões diariamente e também pareamos atividades, a gente tem mais proximidade.

D: O que curtem fazer nas horas vagas?

David: Eu gosto de tocar instrumentos musicais e acho que sair com os amigos para conversar.

Wellington: Eu gosto de curtir minha família, de ler, também toco instrumento musical, trompete. Esse é um dos meus maiores hobbies, toco desde criança! Curto esses momentos de lazer com família e de viajar gosto bastante também.

D: Qual o estilo musical de vocês?

David: Eu sou bastante eclético, diria que não tenho um estilo. Ao mesmo tempo escuto rock pesado e Bruno e Marrone.

Wellington: Música clássica, sempre gostei muito. Escuto outras coisas, mas do que gosto mesmo é música clássica.

D: Tem alguma curiosidade sobre você que queira compartilhar com a gente?

David: Eu acho que convive comigo sabe, eu gosto muito de instrumento! Tenho 6 instrumentos e já estudei pelo menos os 6. Já estudei 6 idiomas e também já morei fora do Brasil, nos Estados Unidos. Alguns idiomas pincelei por uns 6 meses, 1 ano, mas de idioma que um idioma que eu me vejo como referência é o inglês.

Wellington: Eu sou paulista e vim para Campo Grande porque eu casei há 4 anos. A minha raiz é paulistana, de São Caetano do Sul. Outra curiosidade também é que comecei minha vida profissional na área na mecânica de usinagem, trabalhei com mecatrônica, depois que vim para a área de TI.

D: Wellington, tem alguma pergunta para o David?

Wellington: Quando você pretende ser pai?

David: Rapaz… daqui uns 10 anos. (risos)

Wellington: Eu já estou no caminho. (risos)

David: E você está empolgado?

Wellington: Agora que estou me acostumando com a ideia, mesmo planejado, ainda é surpresa de toda forma! Até começar a viver demora um tempo para acostumar.

Bateu > < Voltou

Um livro

David: Orientação a objetos SOLID para Ninjas – Maurício Aniche

Wellington: O Poder do Hábito – Charles Duhigg

David: Esse é bom hein?

Um filme

David: Interestelar

Wellington: Raridade eu assistir filme, mas um que lembro que me marcou Piratas do Vale Silício.

Um seriado

David: Que difícil (risos), mas vou escolher How I Met Your Mother.

Wellington: Estou estudando inglês e to assistindo bastante seriado, aí um que vi esses dias HyperDrive.

Uma música  

David: Like a Stone – Audioslave

Wellington:  Primeiro Movimento da 5º Sinfonia de Mahler.

Uma comida

David: Sushi

Wellington: Não vou por Sushi para não ficar igual (risos), então vou colocar lasanha.

Um sonho

David: Eu acho dentre todos, o maior é dar estabilidade financeira para minha família.

Wellington: Na mesma linha, ser um bom exemplo para meus filhos.

D: Um recado para o Time Digix?

David: Esse livro que eu falei (Orientação a objetos SOLID para Ninjas), eu estou lendo para me aprimorar por indicação do Helder. Queria mandar um salve e um abraço para ele, pois esse livro foi uma recomendação muito importante para que eu fizesse parte do time da Digix hoje!

Wellington: Eu queria agradecer pela oportunidade que tive de vir para sede, é um sonho realizado trabalhar aqui!

Pausa para foto, versão Google Meeting!

 

 

 

 

02
01
00
00
00

Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Deixe uma resposta

Relacionadas


Acesso a informações pessoais